www.brasil.gov.br
LogoCEAR150

PPGER

Programa de Pós-Graduação em Energias Renováveis

Centro de Energias Alternativas e Renováveis

Universidade Federal da Paraíba

Linhas de Pesquisa

Sistemas de Energias Renováveis

Nesta linha de pesquisa serão estudados sistemas e processos para conversão e uso racional de energia solar por via térmica, fotovoltaica, eólica e química. Aplicações em desenvolvimento de sistemas para refrigeração e climatização usando adsorção com regeneração por energia renovável. Desenvolvimento de sistemas de concentração solar para aplicação em motores Stirling e coletores concentradores lineares para processos de termoconversão. Na área de energia solar fotovoltaica serão estudados e otimizados sistemas convencionais de refrigeração por compressão com termoacumulação, assim como a engenharia de redes. Métodos numéricos e ferramentas computacionais serão usados como forma de caracterização e otimização dos sistemas estudados.


Meio Ambiente, Economia e Aproveitamento Energético

Nesta linha será buscada uma melhor compreensão do meio ambiente e das trocas de energia, visando gerar conhecimentos para o uso sustentável dos recursos naturais. Serão desenvolvidas ferramentas de gestão ambiental e de compreensão das mudanças climáticas, suas consequências e possíveis medidas de adaptação. Os estudos também incluirão avaliações de impacto ambiental em projetos de energias renováveis. Serão realizados estudos de viabilidade econômica e social de projetos, e estudos de mercado e desigualdades regionais aplicados às energias renováveis. Esta linha também possui como objetivo vencer as barreiras que dificultam a consolidação de um uso mais eficiente e racional da energia, através da combinação de diferentes tecnologias e recursos energéticos, resultando num melhor aproveitamento dos recursos naturais.


Materiais Aplicados às Energias Renováveis

Nesta linha se realizará pesquisa e desenvolvimento de materiais (cerâmicos, metálicos e poliméricos), sistemas estruturais, compósitos nanoestruturados, materiais funcionais, desenvolvimento de novos materiais que possam ser aplicados às tecnologias do uso da energia. Os estudos de novos materiais incluirão a avaliação das propriedades termofísicas e químicas, do desempenho termomecânico, da servicibilidade e do ciclo de vida em toda a cadeia produtiva no setor da energia. Também será estudado o aproveitamento e a incorporação produtiva de materiais residuais, através da sua caracterização e da simulação de aplicações sustentáveis em tecnologia de energia renovável.

Laboratório de Síntese e Caracterização de Filmes Finos (LABFILM)

Objetivos

O objetivo geral do LABFILM é a síntese e caracterização de filmes finos, principalmente para aplicação em células fotovoltaicas e coletores solares de média e alta temperatura, além do desenvolvimento de novas metodologias de sínteses, de caracterização de materiais, pesquisas em novas técnicas de deposição de filmes finos e suas aplicações. Além das caracterizações térmicas e óticas em materiais cerâmicos, poliméricos e metálicos de forma geral:

Equipe responsável

- Drª Kelly Cristiane Gomes da Silva (Coordenadora do LABFILM)

- Drª Flávia de Medeiros Aquino (Vice-Coordenadora do LABFILM)

- Dr. José Felix da Silva Neto

- Dr Marçal Rosas Florentino Lima Filho

Infraestrutura:

O LABFILM é organizado em 3 Ambientes:

  1. Ambiente para Síntese e Processamento dos Materiais (36,00 m2);
  2. Ambiente para Análises Físicas, Químicas e Térmicas (36,00 m2);
  3. Ambiente para Deposição dos Filmes (Solar e Células a Combustível) e Análises Microestruturais e Ópticas (36,00 m2);

Equipamentos: Espectrofotômetro UV-Vis com esfera integradora; Sistema de Deposição por Sol-gel; Balanças Semi-analítica e Analítica; Forno Mufla; Estufa para esterilização; Destilador Pilsen; Deionizador; PHmetros de bancada, Agitadores Magnéticos; Microscópio Óptico; Capela de Exaustão; Sistema de Aquisição de Dados, Retificadora reta profissional; Microretificadora; Analisador de difusividade térmica pelo método Flash LFA 457/2/G MicroFlash, Sistema de Deposição por Magnetron Sputerring; Bancada para Sistema de Eletrodeposição; entre outros.